O Que é Mais Importante?

Caros leitores, amigos e amigas, venho mais uma vez escrever um pouco sobre o momento político nacional, no afã de pedir um desarmamento total de ideias radicais e mais notícias verdadeiras tomando conta do espaço midiático.

Quase um ano depois da eleição que levou Jair Bolsonaro para o Planalto e Presidência do Brasil, os ânimos continuam exaltados, as armas (que Bolosonaro queria liberar) totalmente armadas e prontas para cuspir intolerância, mentiras, ira, fofocas e discussões medíocres. E tudo isso porque os eleitores que perderam a eleição não aceitam a derrota e passam a falsa ilusão de que lutam por um Luiz Inácio Lula da Silva liberto de uma condenação que dizem ser arbitrária e imposta sem provas contundentes da culpabilidade do citado.

É verdade que Lula e Dilma foram tirados da vida pública de forma atabalhoada, tempestiva, mas existe um jogo do poder, pelo poder, jogado a todo instante. E todos ali podem ganhar ou perder na velocidade do raio, e quem se queima, dança.

O fato principal para a maioria da população é que Lula é culpado pelas mazelas que invadem o Brasil e não perdoam que ele tenha roubado (não está provado claramente) e/ou deixado roubar. Todos, eu falei todos, os integrantes do alto escalão do Governo do PT sob a égide de Lula estão presos e realizando delações premiadas que ligam o ex-Presidente a todos os fatos nocivos à Nação que se tem notícia no seu período. E Lula era o Presidente, o homem que detinha o poder, o responsável maior pelo país que governava e, como tal, não poderia jamais deixar a roubalheira reinar como reinou. Nos 16 anos do PT, o Brasil passou por muitos escândalos e operações que vieram à tona com a Operação Lava Jato.

O que o Lula fez foi ampliar o programa Bolsa Família, que trouxe alento a milhões de brasileiros. Lula foi inteligente quando livrou o Brasil da crise econômica mundial em 2008, ao dizer que o povo deveria manter o consumo normalmente, para não fechar empresas. Deu certo. Mas duas ações em 16 anos é muito pouco, embora o bolsa família tenha lhe dado visibilidade, poder e estima. O Lula é um político nato. É um orador com muita eloquência, moldado pelos anos de luta na frente do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Paulo.

No período petista, o Brasil também jogou muito dinheiro pelo ralo devido a ganância de aparecer para o Mundo ainda mais, contratando uma Copa do Mundo e uma Olimpíada em 2014 e 2016, respectivamente. Ora, o país gastou 40 bilhões a mais em cada organização dos eventos e deixou muita obra incompleta, unusual, entregue às baratas. Além disso, bancou a Transposição do São Francisco visando o Nordeste, seu curral eleitoral, e dessa feita, inconteste, subiu de 4 para 12 bilhões o preço da obra, certamente superfaturando o projeto inicial. E Dilma Rousseff deixou o governo vitima de impeachment por ter realizado ‘pedaladas’ e foi flagrada.

Bem, tudo isso escrito para dizer que concordo com a prisão do Lula. Roubar ou deixar roubar um país do tamanho do Brasil, deixando milhares de pacientes morrerem à míngua num hospital por falta de medicamentos, devido a falta de grana para investir, é algo que considero como um crime de genocídio. Deixar uma dívida anual de 170 bilhões negativa na balança comercial é de uma irresponsabilidade tamanha, que atesta a total falta de competência para governar o nosso gigante verde e amarelo. E ter todos os seus principais assessores presos de forma comprovada, inclusive com delatores abrindo o jogo para as autoridades é, para quem tem um pouco de juízo a condição sine qua non para justificar que o ex metalúrgico do ABCD paulista está realmente encrencado, preso, condenado e com vários processos para lhe trazer mais dissabores.

E chegamos na discussão ocasionada pela ascenção de Jair Bolsonaro ao poder, eliminando o candidato Haddad, do PT, que derrotado, prometeu guerra cerrada contra o presidente eleito. De fato, podemos afirmar que o palanque não foi desfeito e isso tem ocasionado essa matéria, que visa afirmar com segurança ‘ o que é realmente importante’.

Boa parcela da população petista tem tentado desestabilizar o governo de Bolsonaro, a todo custo, espalhando matérias inventadas, editadas, dúbias, diariamente e bem divulgadas por todo o Estado da Paraíba. E essas pessoas acabam pautando a vida de quem tem tempo e gosta de discutir política. E consequentemente, faltará tempo para estudar, para ler, para caminhar, para ir às compras. Uma postagem de celular, defendendo Bolsonaro ou Lula logo recebe milhares de comentários de todos os tipos imagináveis, com a intolerância arraigada e as fake news realizadas diariamente.

Ultimamente, estão tentando desestabilizar o Ministro Sergio Moro, devido supostas palavras trocadas entre o Ministro e um representante do Ministério Público. Todos sabem que Moro era a alma da Lava Jato enquanto Juiz. Antes tentaram com afinco derrubar Bolsonaro, com criações bastante sofríveis, cujo tiro acabou saindo pela culatra.

O que mais causa espécie, impressiona, parece hilário, é que os nossos professores de níveis superior estão engajados pró Lula, pedindo a sua liberdade, sem ao menos pensar que ele foi o principal responsável pela própria Lava Jato, que foi julgado e condenado, está preso e tentando tumultuar as águas. São pessoas que estão enfrentando o Judiciário e o Executivo e parte do Legislativo, para ver o Brasil da forma que defendem, entregue aos bandidos que reinaram por um bom tempo antes de irem para o xilindró.

Para essa gente, é bem normal defender um presidiário, condenado. Como se pode ir contra as leis do seu País? Existe uma resposta para isso. Essas pessoas, se não são partidários, estão com medo de um governo que prometeu mudar o Brasil, cortando gorduras onde os recursos públicos são mal gastos. Acreditam que o Lula, para eles, é melhor, pois deixa correr solto e podem aprontar atos ditos ilícitos, sem riscos de penalidade. Quem defende bandido, condenado, pode ser chamado do quê? De bandido? Quem incita a violência contra o governo constituído, pode ser tachado de quê?  De subversivo, de traidor?

Palocci, Dirceu, Sergio Cabral, presidentes de Empreiteiras, Odebrecht, Cunha, todos vivemos para ver a corja presa e através de delação premiada, todos apontaram para Lula como o chefe. E não tem outra explicação para o que todos viram. Mas criaram uma tese de conspiração e pretendem por o Brasil a ferro e fogo para alcançar os seus intentos.

O governo Bolsonaro finge que não vê, vai tentando acertar o passo, o que não é fácil em situação normal, imaginem num tumulto incessante orquestrado por internet e emissoras de Tv, como a Rede Globo, que hoje vive as retaliações governamentais e está cortando gastos com uma faca afiada, após perder a boquinha no governo federal.

Um novo governo passa o primeiro ano conhecendo a dinâmica da máquina administrativa. Para um país do tamanho do Brasil é praticamente impossível fazer tudo como no script. No segundo ano as coisas tendem as melhorar. Mas para isso é preciso conversar com as partes para que haja um respeito mútuo. A intolerância precisa ser abafada.

Pessoalmente, não acredito que nenhum governo consiga ajustar, controlar, organizar e comandar o Brasil. Tem muita esculhambação, drogados, servidores públicos preguiçosos, total desrespeito às leis e corrupção ainda ativa e reinante em cada Estado e Município desse enorme país. Todavia, compete ao seu povo arregaçar as mangas e colocar para funcionar. Dividir forças significa essa eterna luta pelo poder.

O Brasil precisa de um choque poderoso capaz de impor medo na população, que assim, poderá voltar a trabalhar e pensamento em crescer como pessoa, buscando com afinco trazer as melhoras para o povo brasileiro.

Volto a insistir que parem com a esculhambação e xingamentos à toa. Façam sua defesa com responsabilidade e correção, agarrando todas as chances de seguir sempre adiante. Grito e xingamentos somente acirram os ânimos e ver-se o “quem grita mais chora menos”.

Geraldo Guilherme

Sobre g. g. carsan

comunicador, escritor, fotógrafo e webdesign
Esse post foi publicado em A Princesa do Curimataú, Coisa Ruim, Política e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s