Boi do Bessa faz Pipi na Avenida

Caros amigos, o meu carnaval geralmente se resume, atualmente, ao desfile no bloco Boi do Bessa, que faz um trajeto do meu agrado, terminando pertinho de minha residência. Depois é só passar o tempo realizando melhorias na casa e comendo bastante para suportar os trabalhos. Mas vamos ao que foi o desfile neste ano caótico do ponto de vista econômico que se inicia e todos chamam e anotam 2016:

O BOI DO BESSA FEZ PIPI NA AVENIDA (‪#‎BoidoBessa‬)
Aos 22 anos o bloco Boi do Bessa, o mais renomado do bairro, o único a desfilar no sábado de carnaval, aquele que encerra o circuito Folia de Rua em Jampa City, fez Pipi na rua – e não foi porque bebeu muita cerveja.

O Boi do Bessa fez jus a um grande cara, um super palhaço, o rei da irreverência, que está em todas e vem sendo parte integrante do bloco há bons anos, e ora é homenageado como o samba-enredo, garoto camiseta, puxador de trio, e acima de tudo por formar um bloco com suas sósias, ou seria suas cópias? Palhaço Pipi deu mais um show de dança, simpatia e poses na passarela.

Mas o Boi do Bessa conseguiu algo que parecia difícil num ano de crise, carnaval de crise (o bloco Picolé de Manga nem desfilou por falta de verborragia). Muita gente não viajou, devido a crise (?) e foi para a avenida.

Foi uma verdadeira EXPLOSÃO de alegria na avenida e a felicidade se fez plena durante algumas horas de mais puro êxtase.

20160206_191516.jpg

“O Boi do Bessa fez O MAIOR DESFILE DE TODOS OS TEMPOS”.

Acompanhando o Boi há cerca de 10 anos, hoje não fui fotografar como fiz muitas vezes. Levei apenas um celular. Desfilei do início ao fim. Mas um fotógrafo não consegue ficar só de desfilar, fica também de olho nos detalhes. E se a maioria vê o desfile pelo tanto de gente que tem, e pelas pessoas importantes que comparecem para tirar fotos, eu vou além e olho nos detalhes, nos componentes periféricos, nas luzes que mostram o que passa, nos semblantes de quem sai de casa para seguir a multidão (às vezes com o coração partido), dos que buscam melhorar os dias vindouros com trabalho e suor.

Nunca vi tanta gente bonita como hoje. Havia as mais lindas, as lindas e as belas, machos e fêmeas. Todos bonitos, pois trilhavam um circuito de alegria e paz, extravasando amor e simpatia.

Quero chamar a atenção para as presenças sempre importantes deWellington Regadas como o Xeque arábe que vai me levar para um clube de lá do lado de lá; Roberto Dias, que encontrei 200x no desfile; Marcio Camps que veio de longe com sua gata participar; Leconte, Rosiane e Mônica que abrilhantaram com seus históricos e belezas; Pinto do Acordeon, que recebeu belas homenagens e cantou na dispersão; Silvia Dias com sua incomensurável energia – encantadora; Glorimar Luna, sempre arrasadora e dando aula de produção de fotos; e por fim de D.Linda Muranaka, atualmente muito presente nos eventos, curtindo a vida. Parêntese para a presença de um gringo, o D. Diego de la Vega, que desfilou quase incógnito e curtiu muito mais um Boi do Bessa.

Clovis Dias Junior com a família, Cassandra Figueirêdo Dias, Cayan Figueirêdo Dias, Amora Figueirêdo Dias e Thais Figueirêdo Dias, e irmãos Roberto, Sílvio Dias e Arnaldo Dias comandaram a festa, dando o suporte necessário para os 22 anos de Boi do Bessa na avenida, um sucesso espetaculoso, digno de todos os elogios, de todas as boas lembranças, que certamente serão muitas, haja vista o tanto de pessoas fotografando.

Faço esse relato no calor da dispersão, às 22:25, preparando minha participação maior, que é nas palavras testemunhais do que vi e participei, e de alguns registros. Espero que o pessoal consiga ver, pois deixarei com a hasteg #boidobessa e ‪#‎boidobessa2016‬ e ainda O Boi do Bessa para o twitter.

Bloco: Boi do Bessa

Concentração: Praia do Bessa, próximo a água.

Dispersão: Praça do Caju

Horário: 17 horas

Data: 06 de fevereiro de 2016

Puxador oficial: Jairo Madruga

Organizador: Clóvis Júnior

Homenageado: Palhaço Pipi

 

Um abraço a todos,

Agradecimentos: G. G. Carsan / Gerafoto Studio

Geraldo Guilherme

Sobre g. g. carsan

comunicador, escritor, fotógrafo e webdesign
Esse post foi publicado em A Princesa do Curimataú, Aconteceu e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s