A Seca é a mesma, só muda a data

Caros amigos da Serra,

A falta de água que vocês estão sentindo aí deve ser uma coisa horrível mesmo. Agora tem um negócio que vou dizer e muitos não vão gostar, mas a verdade tem que ser dita, doa a quem doer, e talvez assim se abram os olhos para algumas providências.

Eu vou começar dando o exemplo das formigas, das pequeninas, que trabalham noite e dia, dia e noite, para conseguir sobreviver. Sei lá se algumas folgam, se algumas são preguiçosas, mas sei que o trabalho delas é feito. Elas tem foco no fazem, no que necessitam, no que vai lhes proteger. Por isso, quando o tempo é bom, elas trabalham, para ter tudo pronto quando chegar a época dos aperreios, das provações, das atribulações.

Agora não chove, a seca tá brava, todo mundo choramingando, pedindo uma esmolinha de um carro-pipa d’água, mas uma hora vai chover e muito, vamos tirar o atraso. E o que vai acontecer? a água vai toda embora pro mar. 80% da água vai se perder. E uma parte vai para os açudes e barreiros. Estão percebendo o desperdício? Era para ser o contrário e se perder só um pouco mesmo.

Aí vão me dizer que não tem condições de armazenar a água. Conta outra! Não tem é vontade. Tem é preguiça. Falta vergonha na cara e ficam esperando esmolas do governo. É isso mesmo que estou dizendo. Mesmo sabendo que ano sim, ano não, a seca aperta, quantas vezes se reuniu um grupo para limpar, plantar árvores, proteger e armazenar as águas das fontes que tem no Brejinho, na Várzea Grande, no Seró, na Cruz da Menina, e outras que não lembro agora? Se fizeram, foi só uma vez e abandonaram. Mesmo sabendo da falta de água, quantas vezes as pessoas se reuniram para resolver por vontade própria a escassez de água?

A falta de água quem tem que resolver é o povo que sofre. Não se pode esperar governo. No máximo o Prefeito pode se mobilizar para ajudar com o maquinário. Deus dá a água em abundância em certo período e espera que vocês saibam armazenar e utilizar, mas isso não acontece. Alguém vai me dizer que não tem recurso. Aí eu fico P da vida. Como então que tem recurso para comprar carro, para ter TV de 60″, para fazer festa ou para viver de bar em bar fazendo festa? como sobra dinheiro para se vestir com esplendor e para ter computador e moto? Parece lógico que a água é mais importante do que tudo isso nessa vida. Por que então que não é colocada em primeiro lugar? Água e alimento tem que ser priorizado.

Agora se você não concorda, vai dar o ano de 2900 e o problema vai continuar. A solução existe: toda a água que cair no alto da Serra tem que ser armazenada, cuidada, bem utilizada. Ponto.

Deixo abaixo um link de uma matéria que escrevi em 2000, ref. a falta de água e provo que só muda a data, pois o problema é o mesmo.

https://vozdaserra.wordpress.com/2010/11/19/e-pra-matar-de-sede/

Geraldo Guilherme, para a Voz da Serra.

Sobre g. g. carsan

comunicador, escritor, fotógrafo e webdesign
Esse post foi publicado em Coisa Ruim, Em Cartaz e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s