Vereador: o melhor emprego do mundo

Muito provavelmente você já se perguntou ou conhece alguém que já se questionou sobre o que leva uma pessoa a desejar ser político. Trabalhar pelo bem coletivo seria a resposta ideal e até é o que os políticos dizem quando são abordados sobre o assunto. Muitos deles realmente têm o compromisso de atuar em prol da sociedade, mas entre a população em geral, de acordo com análise da Ong Transparência Brasil, o entendimento da maioria é de que poder e dinheiro são os fatores determinantes para a intenção de galgar espaço na vida pública.
E entre os cargos públicos mais concorridos do país, destaca-se o de vereador. Pesquisa da revista americana The Economist revela que, apesar deste ser o menor cargo na hierarquia política, é um dos mais vantajosos para se ter um mandato. Não é difícil saber por quê. Na realidade paraibana, facilmente se encontram as respostas. No tocante aos salários, por exemplo, o menor valor recebido por um vereador paraibano é de R$ 1.200, que épago aos parlamentares da cidade de Carrapateira.
Levando em consideração que grande parte da classe trabalhadora recebe um salário mínimo por mês (R$ 545), a menor renda de um vereador na Paraíba é mais que o dobro do que percebe um trabalhador comum. Não bastasse isso, proporcionalmente às horas trabalhadas, as vantagens chegam a ser exorbitantes. Na ponta do lápis: para o trabalhador assalariado chegar ao final do mês e receber seus R$ 545 brutos, ele precisa trabalhar 44 horas semanais ou 176 horas mensais. Isso significa dizer que cada hora trabalhada vale R$ 3,09. Já a hora de trabalho de um vereador é muito mais valorizada.
Por semana, um parlamentar participa, normalmente, de três sessões ordinárias que duram, cada uma, três horas, o que resulta em nove horas semanais de trabalho ou 36 horas por mês. Ainda utilizando como parâmetro o menor salário de vereador na Paraíba (R$ 1.200), isso resulta em uma quantia de R$ 33,33 por hora de serviço prestado na Câmara. Isso, lógico, levando em conta o cálculoproposto. Há cidades onde ocorrem apenas uma sessão por mês. Para perceber a estratosférica diferença entre um trabalhador comum e um parlamentar municipal, se a comparação for feita com o maior salário de vereador do estado (R$ 12 mil), que é pago em João Pessoa, o valor por hora de trabalho é 110 vezes maior (R$ 333,33) do que a hora trabalhada por um assalariado.
No caso dos vereadores de João Pessoa, a vantagem é maior, porque eles contam, ainda, além do salário, com verba de gabinete para despesas com carro, motorista, combustível, telefone e correspondências postais. Em Campina Grande, segunda maior cidade paraibana, não existe a verba de gabinete, mas cada vereador recebe R$ 7 mil por suas 36 horas mensais de atividades desenvolvidas no plenário da Casa de Félix Araújo. Na mesma linha de comparação feita anteriormente, a “hora/plenário” dos parlamentares campinenses custa R$ 194,44.

Anúncios

Sobre g. g. carsan

comunicador, escritor, fotógrafo e webdesign
Esse post foi publicado em Política e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Vereador: o melhor emprego do mundo

  1. g.g.carsan disse:

    Ouvi dizer que tem município pequeno onde os Vereadores recebem 3 mil por uma sessão semanal e nunca apresentaram um projeto de futuro.
    Será verdade?
    Realmente é um empregão! não existe melhor. 36 mil por ano é salário de país do primeiro mundo. E em muitos casos, os vereadores não sabem muito do que fazem.

  2. g.g.carsan disse:

    Além de ser o melhor emprego do mundo, o poder dos Vereadores é maior do que, por exemplo, o dos homens que compõem o Tribunal de Contas do Estado.

    O TCE fiscaliza as contas e imputa débitos, aprova ou desaprova contas do Gestor, mas os Vereadores podem desmanchar o que diz o Tribunal.

    O Tribunal é formado por juízes, desembargadores, procuradores, geralmente mestres e doutores e também por técnicos em contas públicas. São preparados para fiscalizar. É verdade que existem as indicações de políticos para preenchimento de vagas e isso torna o cargo liso como uma casca de banana, mas não retira o alto grau de conhecimento.

    Já algumas Câmaras de Vereadores, pasmem os leitores, muitas tem em seus quadros indivíduos que mal assinam o nome e que não sabem transformar em frase o seu mais simples pensamento… mas sabem muito bem defender o seu ganha-pão, e que seja permanente.

    Normal que se defenda o pão… mas Vereador vai para a Câmara para representar o povo, para lutar pelo povo que lhe deu representatividade, e não para encher a própria barriga. É o que se vê.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s