I CAMINHADA DE INVERNO

Caros amigos da Serra e adjacências e longínquas,

O ano é 2015. Estamos retomando a série de caminhadas e eventos ocorridos entre 2009 e 2012, em Dona Inês. E para reiniciar o ciclo com chave de ouro, já temos um evento marcado para os próximos dias. Veja abaixo e fique por dentro… e mais, venha participar conosco de um dia muito legal, muito bacana, inesquecível.

Deixa a vida te levar e deixa comigo porque eu acredito é na rapaziada e assim fico com a pureza da resposta das crianças, é a vida, é bonita, é bonita… viverrrrrrrr…

=========================================

cartaz primeira caminhada de inverno 2015

I CAMINHADA DE INVERNO
Na Reserva Florestal Mata do Seró
Dona Inês – PB

O clima frio da cidade de Dona Inês, (por volta dos 20 graus nessa época) que está há mais de 500 metros de altitude e de clima tropical, é bem mais intenso no período de inverno.
Os participantes vão percorrer 11 quilômetros, passando por um dos atrativos turísticos de Dona Inês, Mata do Seró.
A Mata do Seró fica a 03 km da Cidade de Dona Inês, é uma reserva de Mata Atlântica com 170 hectares preservada, 522m de altitude no ponto culminante, pertencente ao INCRA, com uma flora rica em: ipês, jucá, pitiá, murici, jatobá, barrigudas, pau-açu, e uma grande variedade de bromélias. Lugar propício para fazer trilhas, visitar e respirar o ar puro, pois funciona como o pulmão de Dona Inês.

Abertura:
Data: 15 de Agosto de 2015
8:00 h – Pagamento Inscrições de R$ 5,00 – Aquecimento – Alongamento
Obs: Os 50 primeiros inscritos receberão uma camiseta alusiva ao evento. Na frente o cartaz do evento e atrás a publicidade dos patrocinadores.
Horário: 8:30 horas – partida da primeira turma
(Turmas de 20 pessoas no máximo, acompanhadas por Guias, para não congestionar o trajeto quando chegar na Cachoeira do Talhado. Às demais sairão com intervalos de meia-hora)
Local: Pousada Parque das Águas (saída para Bananeiras) – Dona Inês – PB

A Caminhada:
A trilha de 11 km – Saída da Pousada com direção a cidade, R. João Pessoa, Manoel Pedro, desce para o Cajueiro, marco inicial da cidade, depois subida pela estrada da Substação/St. Pimenta, até a entrada para a estrada do Seró/Beira do Rio (ali haverá uma indicação para seguir à esquerda). Segue em frente, desce a ladeira até a Cachoeira do Talhado. Ali teremos a visitação. Parada de 30 minutos, apoio. Não mais para não congestionar o local quando chegar a turma seguinte.
Depois faz a subida, atravessa a estrada principal, circula a Mata pelo lado leste, em certo ponto adentra na Mata até chegar na clareira. Ali toma a direção à direita e segue até o final da Mata, onde tem o Bar da Nita, que será ponto de apoio. Parada de 15 minutos para beber água e recuperar o fôlego.
A seguir entra na Mata novamente e atravessa de Norte para Sul em toda a sua extensão, aproveitando a natureza, o caminho coberto pela copa das árvores, respirando ar puríssimo.
Chegando no extremo Sul, toma-se um caminho à direita e segue pela vertente Oeste em terreno plano e depois de descida até a estrada do Cidade – Beira do Rio via Caco. Dali toma-se a esquerda sentido a cidade.
Durante o percurso será realizada a plantação de algumas mudas nativas.
No retorno a cidade : – Manoel Pedro – Igreja Mãe – até a Praça do Trabalhador.

Chegada:
Praça do Trabalhador – Museu
Momento Cultural: Banda de Pífanos do SCFV do CRAS – conhecendo o Museu, que será inaugurado brevemente: Museu, Memorial da Farinha, Memorial do Homem do Campo, Memorial da Pedra. E a Biblioteca Municipal.
Sorteio de uma bike: para os inscritos que completarem o percurso.

Divulgação:
A divulgação será bastante ampla nos seguintes meios de comunicação:
– Radio Talismã FM pelo jornalista âncora Junior Campos e enviada para blogs parceiros em várias cidades, inclusive Campina Grande e João Pessoa.
– Na página do facebook do Movimento de Prática Turística Sustentável.
– Nos perfis dos membros do Movimento
– Na site da Prefeitura – página Notícias
– Nas páginas das Secretarias municipais
– Junto a Grupos e Associações que praticam caminhadas pelo Estado, Nordeste, Brasil, a exemplo de Irmãos em Trilha, Jampa em Trilha, Trilha Caatinga de Picuí, Geotrilhas-RN, etc.

Prevenções:
– Uma ambulância estará de plantão para atender a qualquer eventualidade médica durante o evento.
– Uma equipe da Secretaria de Saúde realizará testes de pressão no local de Partida e de Chegada.

Observações importantes:
1 – Aquecimento e Alongamento – Antes da prova é recomendável que todos façam aquecimento e alongamento.
2 – Respeitar Limites – O importante é sempre respeitar os limites de cada um, manter o seu ritmo.
3 – Procurando referências na trilha – Sempre que estiver com dificuldades chamar o guia. Atenção na sinalização. Cuidado onde pisa.
4 – Lixo na Trilha – Proibido deixar lixo e qualquer tipo de material no percurso. Leve seu lixo até o final.
5 – Cuidados com o Sol – A prova passa por trechos de descidas, subidas, pastagens, mata e estradas. É necessário cuidado redobrado, utilizando protetor solar.
6 – Hidratação – Não espere sentir sede, pois isso pode significar início de desidratação, porém se hidrate de forma moderada para que não sofra algum mal estar durante o percurso.
7 – Roupas e Calçados – A dica é para o uso de roupas arejadas, camisetas leves e calça comprida (confortáveis), pois a vegetação pode provocar arranhões e desconfortos. O uso de calçados confortáveis e aderentes (tênis ou bota) é sempre recomendado.

APOIO E PATROCÍNIOS:
A I Caminhada de Inverno tem apoio da Prefeitura Municipal de Dona Inês.
Patrocínios: informaremos em breve

INFORMAÇÕES E CONTATOS:
g.g.carsan@gmail.com
(83) 98105-7722 (vivo) e 98815-6959 (oi) (zap)
=============================================

FICHA DE INSCRIÇÃO
Nº.: ______ (controle interno)

R$ 5,00
(pagamento à comissão no local da partida)

NOME: _____________________________________________________________
IDADE: ________________ SEXO: _______________________
CIDADE/ESTADO: _____________________________________________
TELEFONE: _(_____)___________________________________________
E-MAIL: ______________________________________________________

Pretende tomar café-da-manhã na cidade: ( ) sim ( ) não (p/visitantes)
Pretende almoçar na cidade: ( ) sim ( ) não (p/visitantes)
Pretende pernoitar na cidade: ( ) sim ( ) não (p/visitantes)

Tamanho da camiseta: ( ) P  ( ) M  ( ) G  ( ) GG  ( ) XG
Obs: Camisetas para os 50 primeiros inscritos

====================================================================
Preencher e enviar para o e-mail: g.g.carsan@gmail.com
Enviaremos uma confirmação e o seu número de inscrição. Este número servirá para concorrer ao sorteio de uma bike após a caminhada.
Obrigado e até logo!

Publicado em A Princesa do Curimataú, Esportes | Marcado com , , , , , , | 2 Comentários

CHUVA E FRIO NA SERRA

Caros amigos da Serra,

A falta de chuvas na região meio que me deixou preguiçoso para escrever. Desde 2011 que as chuvas teimavam em não se precipitarem nesta parte linda do Planeta. E, embora a vida continuasse sempre bela, faltava um tico de verde esperança para tocar a vivência e os escritos.

20150725_073814

Mas passado o mês de Junho, com a desesperança já impregnada nos semblantes dos paraibanos dessas plagas, onde os reservatórios secaram todos e pela primeira vez em muitas décadas se vislumbrava uma seca terrivelmente medonha, com a fome imperando para os animais, com a falta d’água a impor os mais tenebrosos sofrimentos, limitações e por fim mortes… choveu!

Julho chegou como uma virada espetacular e tratou de desdizer todos os ditos malditos. Seca virou molhado, riacho tá virando rio, mato cinza agora é verde. Os cantos lúgubres dos pássaros mudou para festivais de sons e voos rasantes e acrobáticos.

20150724_120901

As barragens estão recebendo água. Onde restava o volume morto de barragens secas já se alcança o sangradouro ou senão vai subindo o nível de encontro ao céu, de onde vem. Há duas semanas que chove fino e grosso, chuvisco e torós, mesmo sem o clarão e os tiros dos trovões. Cadê? venham cá seus belos fenômenos! 

Depois de 5 anos, o rio Curimataú viu água correndo nas suas veias. Foi de uma alegria incomensurável e de uma visão espetacular, que tão grande acontecimento tenha vindo nesse ano de dificuldades econômicas para todo o País. Água é vida e quando ela abunda é sinal que estamos com créditos e saldo em conta com o Paizão que a tudo controla e concede.

Dona Inês tem recebido muitas chuvas, o verde impera e as cisternas estão cheias, os barreiros pegando água e a temperatura deu aquela caída que obriga todos a se agasalharem na parte da noite, quando desce a 18 graus e apresenta um vento cortante, frio, que perturba a pela acostumada com o calor de 30 graus, na maior parte do ano.

IMG_3428

A paisagem verde coberta de branco pela neblina tem sido o grande barato desse período que incentiva as caminhadas de inverno, as comidas quentes e as vestimentas pesadas, como forma de enfrentar com saúde e humor, além de beleza. Os 19 graus da Serra de Dona Inês tem motivado as mais saudáveis ideias de planejar verdadeiramente o turismo.

Algumas cidades vizinhas tem apostado nesse ramo de atividade e alcançado bons resultados. Dona Inês não pode ficar para trás. É preciso aproveitar essa característica natural que se apresenta na Serra, visando melhorar a vida dos envolvidos e promover a cidade e a saúde dos cidadãos com caminhadas, pedaladas, rapéis e outros esportes de aventura que possam ser explorados e desenvolvidos na região.

Geraldo Guilherme, para a Voz da Serra.

Publicado em A Princesa do Curimataú | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

LIXO, LIMPEZA E OUTRAS COISAS

Caros amigos da Serra,

Durante o ano de 2014 foram realizadas as palestras e os encontros para ensinar, convencer e motivar a população a fazer a coleta seletiva do lixo, separando de acordo com a sua natureza.

DSC05201A sociedade civil, os alunos nas escolas, todos foram instruídos aos procedimentos, visando o que vem pela frente, que é o Aterro Sanitário, cujo projeto já está pronto e a luta agora é a liberação de recursos por parte do Governo Federal.

Enquanto essas verbas não chegam, é importante que a população siga realizando o que aprendeu, fazendo a separação do lixo, colocando esse lixo na calçada nos dias certos, pois cada um é responsável pelo que produz e os benefícios são para si próprio e filhos.

Além disso mantém a cidade limpa e as ruas são uma extensão da sua área, da sua sala. Quem chega da rua de pés sujos, vai sujar a casa quando entrar.

Dito isso, vamos manter os ensinamentos, as regrinhas e continuar fazendo a seleção do lixo e continuar lutando para que tudo se complete com a chegada do Aterro e a consequente mudança de lugar do lixão.

Povo educado é povo limpo.

Geraldo Guilherme, para a Voz da Serra

Publicado em A Princesa do Curimataú | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Governador, governe!

Caros amigos da Serra e região fronteiriça,

Vou me aproximando dos 50 anos e não consigo perder os estímulos que me levam a analisar os fatos e a me indignar com certas práticas que me cercam. É cada uma que testemunhamos a cada dia, pior do que a outra. Mas é a nível local que vou me reportar hoje, tecendo alguns comentários sobre as práticas do Governo do Estado da Paraíba, que por certo não vem fazendo o dever de casa como deveria.

Trecho que o asfalto sumiu há anos

Trecho que o asfalto sumiu há anos

Desde o início dos anos 2000 que a rodovia PB-073 ligando Guarabira, PB a Passa-e-Fica, na divisa do RN, não recebe cuidados de verdade. Aconteceram alguns tapas buracos, e só. A estrada cheia de curvas, tem muitos buracos, não tem acostamento, não tem sinalização, não tem guard-rails, não tem fiscalização. É um Deus nos acuda! Tem é acidente pra danado!

Do mesmo modo, a PB-103, ligando o Bilinguim a Bananeiras, é outro descaso

Curva em U sem qualquer sinalização

Curva em U sem qualquer sinalização

cinquentenário. Do Bilinguim até a cidade (12 km) foi asfaltada, mas não foi terminada. Ficou sem acostamento, sem sinalização e com o tempo a margem de recuo foi invadida por moradias e cercados, homens e animais. A estrada em sua parte asfaltada é perigosíssima, apresenta 18 curvas sequenciais, subidas e descidas, casas próximas.  E a parte da cidade de Dona Inês até Bananeiras,  até hoje de terra, dificilmente recebe cuidados.

Obra parada se acabando. Dinheiro jogado fora

Obra parada se acabando. Dinheiro jogado fora

E na cidade de Dona Inês, o Governo do Estado firmou uma parceria com a Prefeitura Municipal para a construção de uma escola com 6 salas de aulas, visando o desenvolvimento e a oferta de escola de qualidade para a cidade que cresce. Mas a obra está parada há alguns meses por motivos políticos e o dinheiro investido vai pelo caminho do desperdício, pois já tem paredes caindo e o que já foi feito vai se perdendo.

Dito tudo isso, só tenho a lamentar, pois:

1) O Governo do Estado tem a obrigação de cuidar das estradas e dos investimentos em obras. Tem que cuidar das vidas das pessoas que trafegam por estas estradas. Precisa oferecer boas condições de tráfego e de segurança. E o que tem feito nas estradas? nada ou quase nada. Faz num lugar e abandona os demais. Poderia fazer ao menos um tapa buraco e não faz. Na época da campanha política fez uma parte e deixou outra por fazer.

2 – Obra iniciada e parada é sinal de despreparo, de falta de planejamento. É dinheiro do contribuinte sendo jogado fora. É atraso no desenvolvimento de alunos que ficarão sem sala de aula, sem futuro. E é vergonha para um governo que diz que veio para mudar a Paraíba, foi reeleito, mas tem se utilizado de práticas tais às dos seus adversários.

Tenho dois recados para o Sr. Governador Ricardo Coutinho, que está de plantão no Palácio da Redenção:

1) Que pare com a perseguição política aos Prefeitos que votaram contra ele nas eleições

acidentes, mortos e feridos são constantes

acidentes, mortos e feridos são constantes

passadas, pois ainda que queira penalizar quem votou contra, acaba por penalizar também quem votou a favor, e ele foi bem votado em todas as cidades dali, embora tenha ficado em segundo lugar (as margens foram pequenas). Além disso, não é papel do Governador perseguir A ou B. Ele tem que governar para todos, independente da cor partidária, obedecendo a lei da isonomia, haja vista que todos pagam impostos, que depois se transformam em recursos. Se todos pagam, todos tem direitos. E não se diz que o poder é do povo?

Pacto pelo Desenvolvimento entre o Estado e a Prefeitura

Pacto pelo Desenvolvimento entre o Estado e a Prefeitura

2) No caso da obra da escola parada em Dona Inês por retaliação, quero dizer que a parceria é entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Dona Inês e não entre o Gov. Ricardo Coutinho e o Prefeito Antonio Justino. Não será o governador o Professor e não será o prefeito o Aluno. Quando se fala em escola, fala-se em educação, em crianças e jovens, em futuro, em compromisso.

Assim, despeço-me solicitando que haja mais pensamentos salutares das bandas do poder estadual em relação aos municípios já tão castigados pelas chuvas escassas e pelas condições adversas do seu povo, em espalhar olhares mais abrangentes e solidários, tendo sempre em mente a obrigação do governante de olhar e realizar para todos, conforme rege a Constituição que jurou obedecer e seguir quando tomou posse.

Geraldo Guilherme, para a Voz da Serra.

 

Publicado em Administração Pública | Marcado com , , , , , , , , | 2 Comentários

ELOGIAR É SEMPRE PRECISO… 2014…

Caros amigos da Serra,

… e adjacências globais…

Acho lindo quando chega o fim do ano para fazer aquelas felicitações de boas festas e realizar uma análise-balanço do que passamos durante os últimos 365 dias. Cascalho! nunca um ano foi tão recheado de notícias… quem precisa de tufão, de terremoto, de tsunami, de nevasca, de guerra?

A nível interno, até que consegui velejar bem nesse ano de tantas contradições históricas e notórias. A minha saúde está em dia, quase ganhei na mega-sena, a família aumentou, fiz algumas dezenas de novos contatos, ganhei vários presentes. Tá, e os outros?

Mas quero mesmo elogiar o Brasil, que conseguiu realizar as maiores proezas de todos os tempos. Iniciamos o ano com grandes notícias do Mensalão e terminamos com as mega denúncias da Petrobrás lavada a jato por mercenários fela-**#$ do colarinho branco…

enganoE no meio desse caminho tivemos as ultra espetaculares manifestações Não Vai Ter Copa, que nos deu um ar heróico à francesa, mas que não passou disso. Tivemos a Copa e esqueceram-se as manifestações… mas que Copa, aquela em que o Brasil ia se reafirmar e recuperar da derrota em 1950 e fincar pés, a Copa das Copas, a primeira da Era Moderna, a maior, a mais vista, e fizemos um sucesso danado, pois conseguimos Maravilhosos Estádios construídos a preço-de-banana, formamos um time Globetrother imbatível e heróico, capaz de tomar 7×1 sem Continuar lendo

Publicado em Em Cartaz | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Nos Seus 55 Anos de Independência Política…

Caros amigos da Serra,

Pintando na área mais uma comemoração da Emancipação Política de nossa querida Dona Inês, faz sentido pensar um pouco e analisar o passado e o presente (vamos deixar o futuro para o futuro), de forma que seja sentida a diferença e o seu significado em nossas vidas.

rua-jose-carolino

Para começar, imaginemos como era Dona Inês naqueles dias antes da emancipação. Já foi dito “Por volta de 1959, a Sede do Distrito de Serra de Dona Inês era composta por 277 (duzentas e setenta e sete) residências e possuía uma população de 689 (seiscentos e oitenta e nove) habitantes. Era um vilarejo muito pobre, cheio de buracos e com proliferação de casas de palha e gravatá. Seu povo era pacato e trabalhador”.  A vila era pequena, pobre, feia, carente. De sorte, o povo era aguerrido, sonhador e trabalhava para sair daquela situação.

Com a Emancipação em 1959, demorou um pouco até haver a arrancada. Somente em outubro de 1960 que Mozart Bezerra assumiu e até tomar pé, arrumar dinheiro, demorou mais um tempo. Então, somente em fins de 1961 que chegaram as novidades: abertura das ruas Major Augusto, Manoel Pedro, João Pessoa, José Paulino, Ana da Conceição Melo, José Carolino e Pedro Teixeira, e construções de edifícios públicos Prefeitura, Mercado, Grupo Escolar e por fim energia elétrica na Continuar lendo

Publicado em A Princesa do Curimataú, Em Cartaz, Municipalidade | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

A Segurança Pública Está Desmoralizada

Caros amigos da Serra,

Com a notícia e repercussão do ataque de bandidos a agência do Bradesco de Dona Inês, esta semana, qualquer pessoa normal começa a repassar as notícias, fatos, fofocas, e tudo mais, até chegar a conclusão que Segurança Pública, um dever do Estado, é uma mentira, uma conversa fiada, e que o Estado da Paraíba está desmoralizado e sem noção.

bb-donainesO número de assaltos a bancos, só na Paraíba, é para nenhum Diabo botar defeito. Em 2011 foram 72 ocorrências, em 2012 sofremos 67 ocorrências, em 2013 tivemos muito mais: 44 explosões, 33 arrombamentos, 17 assaltos, 16 tentativas de assalto, 9 casos de saidinha de banco. Sem esquecer os assaltos às agências dos correios, que são quase na mesma quantidade. Depois temos os homicídios, que foram 1.528 em 2012 e 1.537 em 2013. Aí se pergunta? cadê a segurança? É essa que está aí e não consegue parar a bandidagem? quer dizer que se não houvesse polícia, só haveria bandido? Que mundo é esse?

Lembro-me muito bem que em 2010, na campanha do Gov. Ricardo Coutinho, ele afirmava, mediante as altas taxas de insegurança pública que resolveria o grave problema em 6 (SEIS) meses. Ganhou as eleições e a sua tentativa foi trazer o Sec. de Segurança de Pernambuco para cá, pois era um homem capaz e conhecedor dos problemas do nosso Estado. Que nada! a promessa não se cumpriu. Já se passaram 3,5 anos de mandato e os índices continuam altos do mesmo modo e até dá vontade de rir quando vemos ser amplamente divulgado e comemorado quando se atinge uma taxa de redução de 5%. Ridículo. Mesmo que reduzisse em 50% ainda seria pouco, pois continuaríamos em Guerra Civil. Tem que parar com a criminalidade. Tem que impor a Lei Seca. Tem que criar regras que embora tolham a liberdade, valorize e garanta a vida de inocentes, de trabalhadores. O pior é que muita agente acreditou. Talvez tenha sido no afã da esperança. Não deu certo! E o que vemos? a TV mostrando SANGUE a cada horário. Enfim, o Brasil se tornou uma piada, liberdade demais e compromisso de menos.

Já ousei dizer, disse, e repito! O Brasil não tem a mínima vontade de resolver o problema de violência, a falta de segurança. Gasta mal os investimentos. Investe errado e não prioriza o direito a vida com segurança. Nossas leis estão caducas, os nossos representantes estão se lixando pros problemas e não são preparados nem ao mínimo para resolvê-los. De vez em quando compram-se viaturas e enchem-se as vias de lindos carros abarrotados de policiais recheados de equipamentos a circularem. Isso não resolve. Eles dentro daqueles carros, a maioria gordos, pesados, ganhando pouco, com má vontade, muitos envolvidos com criminosos, não estão nem aí. Aliás, chegam avisando com aquelas luzes piscantes que estão na área e os bandidos se escondam e só reapareçam quando passarem.

bbdestruido02Ainda falando de investimentos, os Governos precisam entender que há tempo para tudo e há de se priorizar o que é mais importante. A falta de segurança afeta diretamente a VIDA. Há algo mais importante do que a vida? Será que a educação é mais importante do que a vida? Gastar com doentes é mais importante do que com a prevenção de mortes? Gastar com a Copa é mais importante do que com vidas? E cadê o TRILHÃO de impostos já arrecadados até este momento em 2014? Se o momento exige gastos com a Segurança, que seja feito. Não se pode deixar o povo morrendo à míngua. Os governos precisam de uma vez por todas cumprir o seu papel de oferecer segurança aos cidadãos.

O Brasil gasta montanhas de dinheiro com Segurança para oferecer insegurança para o seu povo. Isto significa o que mesmo? que quem está no comando é despreparado, que não tem comando, que não dá bola para o problema, isso e tudo mais… pense bem! Reaja!

Vamos agora nos ater a um ataque a banco, com explosão em plena madrugada numa cidade pacata do interior, chamada Dona Inês, mas que poderia ser em qualquer uma do Brasil, haja vista que estas ocorrências estão em toda parte. Desde 2000 que estes fatos se repetem e a polícia não consegue aniquilá-los, ao contrário, deixou que se espalhassem e novos criminosos, novas quadrilhas se formassem, até se tornar viral, febre. Aí vemos que o modo de operação é o mesmo, ou seja, ataques na madrugada, por um grupo de homens fortemente armados, que explodem as agências, e tudo bem, fazer o quê? E depois esses bandidos somem e somente de tempos em tempos uma quadrilha é presa. Ou seja, presenciamos uma total inoperância das forças de segurança, com eficiência próxima de zero.

Ocorre um discurso bastante imbecil por parte das autoridades que diz que as agências bancárias são de responsabilidade dos Bancos e que eles que tem obrigação de protegê-las. Imbecil porque a quadrilha de bandidos quando ataca o banco, está atacando o povo que utiliza os serviços daquela agência deixando-lhes sem opção de serviços durante meses; imbecil porque a quadrilha desfecha o ataque contra uma cidade de forma covarde na calada da noite, na madrugada, explodindo um estabelecimento que é vizinho de casas onde moram pessoas, assustando crianças, mulheres, idosos; imbecil e idiota porque um fato dessa natureza coloca na cabeça das pessoas a sensação de insegurança extrema (medo, insônia, stress, depressão) e leva as pessoas a se rearmarem novamente depois do esforço de tirar as armas da população, que acho também imbecil, e ainda mais pela confirmação da impunidade que reina para quem pratica crimes assim, levando os jovens a entrarem para estas quadrilhas, pois ali tem armas, poder e dinheiro. E de quem é o dever de proteger a sociedade? dos governos estabelecidos para tal. O povo vota e dá o poder para que o governo faça o que lhes é correto, valoroso, indispensável. Cadê???

O Estado precisa formar uma força de inteligência, precisa proteger melhor as agências com mecanismos que permitam identificar os bandidos, com formas de barreiras que possam ser postas em ação tão logo ocorra um assalto, com leis muito mais severas (prisão perpétua) para bandidos presos, com resultados. A cada assalto deveria corresponder uma caçada implacável aos bandidos realizada por toda a corporação, até pegar todos, depois apresentá-los em Praça Pública a la Tiradentes. O bandido precisa saber o risco real que corre ao entrar pra uma quadrilha.

Do jeito que está, goiabada com queijo, é um convite aos jovens que não querem mais estudar porque encontraram um formato muito mais leve, rápido e vantajoso de se dar bem na vida.

Estamos em época de eleições e faz-se necessário que cada eleitor cobre dos seus candidatos uma posição firme na nova conduta contra a criminalidade, tanto do governo quando dos deputados, para que se possa sentar na calçada novamente no fim da tarde, para que se possa ir até a padaria comprar o pão sem o pavor de ser assaltado, para que se possa parar o carro na rua sem a certeza de que vão levá-lo, para que se possa pensar em ganhar a vida trabalhando e não roubando. Tudo isso é necessário. Também é necessário que as pessoas cumpram as leis, que tenham as leis dos homens e as leis de Deus, os 10 mandamentos como os seus princípios, senão de pouco adianta cobrar dos outros. Cada um tem que dar o exemplo. E quando errar, que pague o pato, não vá comprar a Lei.

Geraldo Guilherme, blogueiro, fotógrafo, design, para a Voz da Serra.

Publicado em Segurança | Marcado com , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Rômulo e Eva Gouveia Fizeram Diferente

Caros amigos da Serra,

Em 2011, aqui mesmo nesse blog escrevi uma matéria onde dizia “Dona Inês Vai Cobrar dos Se434us Representantes” e volto a tocar no assunto porque existe uma constatação muito positiva que é preciso ser lembrada, testemunhada, confirmada e aplaudida.

Na dita matéria, foi listado cada candidato e a votação obtida, mostrando que muitos ou a maioria não tem a mínima ideia de onde fica Dona Inês. Ali se chamava a atenção para que os donainesenses votassem nos candidatos que demostrassem algum compromisso sério com o município. E que soubessem cobrar mais tarde, os votos. Pois bem! chegou a hora. E por isso, no final, abaixo, recolocamos a lista dos votados e dos votos. Vejam quem mereceu o seu voto. Quem voltou na cidade. Quem nada fez. E saiba: eles voltarão e pedirão o seu voto novamente. Prepare uma boa resposta para quem lhe decepcionou.

Constat480amos que durante os últimos 4 anos, a Deputada Eva Gouveia, que obteve na Eleição de 2010 o apoio do Prefeito Antonio Justino e recebeu 2.185 votos, sendo a mais votada, foi a única representante do povo a voltar os olhos para o nosso município.

A cada necessidade esteve presente a Deputada Eva, e também seu marido, o Vice-Governador Rômulo Gouveia, nas demandas ocorridas a nível de Governo, como elo direto com Secretários e com o próprio Governador. E a cada brecha na Agenda, a cada evento festivo na Serra, cá estiveram esse simpático casal, sempre atentos aos acenos de Antonio Justino, provando que não caíram aqui de pára-quedas, mas vieram somar com a nossa gente.

2013-11-17 23.13.01Agora, os dois se candidatam novamente, ela concorrendo ao mesmo posto e Rômulo a Deputado Federal e estão em campanha, contando com os amigos de Dona Inês. O Prefeito atesta essa amizade e confirma que são estes dois políticos os que sempre lhe deram guarida nos propósitos municipais, que merecem a confiança e a parceria deve continuar, pois tem se demonstrado muito boa para ambos os lados.

Abaixo colocamos algumas fotografias dos vários momentos do casal Gouveia em nossa cidade, principalmente nos eventos, com o Prefeito, no meio do povo.  Contra fatos não há argumento: Rômulo e Eva são os mais presentes.

420 432464 467DSC_0241 (254) DSC_0241 (279) eva em dona ines eva em dona ines2 IMG_0792 IMG_0866 pqqqq IMG_0883

Vamos a relação dos políticos eleitos votados aqui em 2010:
Quem ajudou Dona Inês?
Quem nunca mais apareceu?
Deputados Estaduais / Votos
Eva Gouveia – 2.185
Raniery Paulino – 1.560
Olenka Maranhão – 627
Léa Toscano – 217
Edmilson Soares – 203
Ricardo Marcelo – 191
Frei Anastácio – 23
Toinho do Sopão – 22
Branco Mendes – 20
Tião Gomes – 17
Manoel Ludgério – 13
Luciano Cartaxo – 13
Trocoli Jr – 12
Daniela Ribeiro – 11
Arnaldo Monteiro – 11
Gervásio Maia – 7
João Gonçalves – 7
Caio – 6
Andre Gadelha – 5
Genival Matias – 5
Anibal Marcolino – 4
Obs: Muitos eleitores moram na Capital e vão votar em Dona Inês. Você que mora no município, informe para estes amigos e familiares a realidade local, quem fez, quem está fazendo, para que não votem em candidatos que nunca foram no município. Todos esses votos dados para o 5º. candidato em diante foram para esses candidatos votados por quem mora fora. Eles nunca pisaram em Dona Inês. Atenção. Não jogue o seu voto fora. Ofereça a quem realmente trabalha pelo município.
Publicado em Política | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

ANTONIO JUSTINO FAZ ESCLARECIMENTO À POPULAÇÃO

PREFEITO DO PSB QUE ADERIU À CÁSSIO, COBRA CONTINUIDADE DE AÇÕES DO GOVERNO DO ESTADO

Antônio JustinoDONA INÊS-PB. O Prefeito do município, Antônio Justino (PSB), declarou em nota enviada à imprensa nesta sexta-feira, 25 de Julho, que ao contrário do que foi dito pelo Coordenador de Campanha da Coligação “A força do Trabalho”, Célio Alves, ele não negociou sua adesão ao projeto político de Cássio para essas eleições e cobrou a continuidade de ações do Governo do Estado no município.

O Prefeito chega a questionar se a não vinda de uma ambulância e a não continuidade das obras é uma retaliação pela sua decisão.

Veja o que diz a nota.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Citado na fala do Coordenador de Campanha da Coligação “A força do Trabalho”, Célio Alves, durante coletiva à imprensa nesta quinta-feira, 24 de julho, como tendo negociado seu apoio ao projeto político do Senador, Cássio Cunha Lima, para as eleições deste ano, o Prefeito do Município de Dona Inês, Antônio Justino, vem por meio desta nota esclarecer alguns pontos e levantar algumas questões.

“Rebato com veemências as acusações fantasiosas e a armação perpetrada pelo ex-secretário, Sales Dantas e pelo Coordenador de campanha do Governador, Célio Alves. Não recebi qualquer valor para aderir à candidatura do Senador Cássio Cunha Lima. Na verdade o candidato a Governador do PSDB assumiu o compromisso com o Prefeito, vice- Prefeito e Vereadores do município que, caso eleito, construirá a Rodovia PB-103, no trecho que liga a cidade de Dona Inês ao Taboleiro de Bananeiras; promessa do atual Governo, esquecida durante todo esse período de gestão.

Também afirmo que não faço política de “cambalacho”, e nem da política balcão de negócio.

Portanto espero receber a ambulância prometida por Ricardo Coutinho, cuja assinatura do termo de uso aconteceu no dia 26 de Junho desse ano, divulgada em todas as Redes Sociais e que até agora não houve a entrega. Não quero acreditar que isso seja represália pelo posicionamento que tomei, fundamentado nos princípio democráticos da liberdade e independência

Ressalto ainda que no dia 27 de Junho recebi a ligação telefônica do Governador, através do Celular do Líder do Governo, Hervázio Bezerra, determinando que eu deveria retirar o apoio da candidatura da Deputada Estadual Eva Gouveia. Sendo assim espero que isso não seja condicionante para recebe a ambulância, uma vez que se trata de dinheiro público, dinheiro do povo. Informo também que as obras do pacto social estão paralisadas por falta de repasse de recursos por parte do Governo do Estado.

Passamos a acompanhar a candidatura de Cássio Cunha Lima por não concordarmos com a maneira mesquinha, prepotente, arrogante e perseguidora implantada no Governo do Estado a partir de 2011, como se vislumbra hoje através dessas denúncias fantasiosas.

Ademais o PSB e o esquema do Governador, impôs a candidatura a Deputada Estadual de uma adversária ferrenha do nosso grupo político no município, fazendo com que todo o grupo repelisse de forma veemente, não querendo mais votar no Governo do estado. Ressaltando que esta candidata a deputada imposta pelo governo do estado, é a ex-vereadora que foi adversária e trabalhou contra nossa gestão de 2009 até 2012. Portanto não tinha como atender ao Governador e votar nessa Deputada.

Desta forma solicito e peço urgência ao Ministério Público Eleitoral, para que tome as providencias a respeito dessas denúncias fantasiosas e a respeito também das distribuições das ambulâncias aos municípios, sendo condicionada ao apoio ao Governador. Esperamos que o Governo seja republicano e entregue a ambulância ao nosso povo.”

Antônio Justino

Prefeito de Dona Inês-PB

Dona Inês-PB, 24 de Julho, 2014

Publicado em Aconteceu, Política | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Mais um São João na História

Caros amigos da Serra,

forro - arrasta peA cultura nordestina, o povo nordestino, ambos estão em festa. É hora de brincar o São João com muito arrasta-pé, muito rela-bucho, muita comida de milho e muita fumaça das fogueiras que queimam e iluminam esse nordestão inteiro, ao som de muito forró e muita bomba e beijo-de-moça.

E na Serra de Dona Inês não será diferente, já que haverão 3 festas oficiais e outras tantas particulares, na cidade e na zona rural. Os sanfoneiros vão puxar o fole, os boys vão abrir a mala e soltar o som.

A programação completa está no site da Prefeitura, no menu Notícias/Agenda. Veja lá qual a melhor pedida, mas dá para participar de todos os eventos.

Vamos brincar com responsabilidade, pois nessa época de muitos deslocamentos e muita bebida, muitos acabam por cair em desgraça. Portanto, todo o cuidado é pouco.

Neste dia 19 haverá Festival de Quadrilhas em Dona Inês, a partir das 17 horas, no Espaço da Juventude e vamos fazer uns cliques para imortalizar essa festa. E vamos comer milho, pamonha e canjica.

Geraldo Guilherme, para a Voz da Serra.

Publicado em Cultura na Veia | Marcado com , , , , | Deixe um comentário
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 259 outros seguidores